domingo, 1 de janeiro de 2017

Ao receber e ler ou vice-versa, ao falar e ouvir ou vice-versa, enfim ... nas "n" passagens de nossa Vida há sim "Pedras" no caminho, o que fazem dela está escrito, não é a toa que tudo na vida se faz em ciclos, pois o que circula e circularam ou vice-versa, foi e pode ou vice-versa ser transformado. Jesus mandou removê-la para ressuscitar Lázaro. Observe que a diferença não está na pedra, mas na atitude das pessoas. Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá- la para o seu próprio crescimento. Que Deus lhe dê sabedoria, para saber o que fazer com cada pedra que você encontrou em 2016 e irá encontrar em 2017. A PEDRA O distraído nela tropeçou. O bruto a usou como arma. O empreendedor usou para construção. O camponês dela fez um assento. Michelangelo dela fez uma escultura. Davi com ela matou o gigante. Há também aquele que a esculpiu e depois cuspiu Ahhhh como sei, mas Davi com ela matou o gigante, eu creio. Amém DEUS nos abençoe! Eu, Elizabeth Reymi Rodrigues 01/01/2017 Hoje eu começo a me transformar e a transformar minha(s) ou sua(s) "pedras"

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Um dia...

Cascata de cores Em bela noite, no horizonte está a paisagem a encantar Numa cascata de luz o manto de cores resplandece, Cobre o céu, a terra e o mar Momento Divino, que quero presenciar Para como nos meus pensamentos, um dia poder compartilhar, o transe real Pelo corpo, mente e espírito, na terra, entre o céu e o mar, poder olhar e contemplar... por Beth Reymi

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Momentos que fecham um ciclo... " Dezembro de 2013 "

< >Na praia, ver o mar, na brisa do ar, sentada sobre a rocha ... Mente e contemplação consciente, respiração profunda, vontade de estar presente... Sentir ... Contemplar, o momento, as águas, a volta, as matas, as cores, o ar, a brisa, as rochas, o céu, a areia, o solo, a vida... < > Chamar as forças da natureza, pedir-lhe a licença e a presença, entregar-se a sentir, a ouvir, a enxergar,... Sentir a energia nos pés, mãos, no corpo, ouvir o barulho das ondas no seu eterno vai-e-vem. < > Ó Divindades da Natureza, as "Divinas das Águas", das Matas, das Forças Divinas, agradeço o Axé! Beth Reymi 13.12.2013

domingo, 17 de novembro de 2013

fase de fragilidades... exercitar a mente para que não penda ao negativismo, rebater o negativo com o positivo quando o coração ainda não esta todo purificado, a mente deve estar no controle, há como treinar essa condição. Ter autonomia é essencial Não magoar, Ter um lar privado, um espaço,um canto Confiar, buscar Deus,estar com Deus. Buscar ajuda. Romper com o passado, fazer as pazes com o meu passado para para ir rumo ao futuro.

domingo, 9 de junho de 2013

Essa ainda sou Eu, hoje mais forte, sempre rumo ao novo...

Eu Sinto, Na meta, no sonho, nos passos ao rumo, No vento, na força do fogo dia, noite, festa, surpresa, Trabalho e tarefas, em sorrisos, caras e bocas, gestos folha, fruto, comida natural ou artificial, Pipoca e refrigerante.. Brilho no olhar, no livro, na tela, na folha, na areia Ter alguém especial, que ele goste de você, em música para dançar, ouvir, cantar Na Luz do amor, da fé ter ou fazer um prato, um pires ou uma xícara, ser chique ou hippie Ter lembranças, fotos Nadar na água, no mar, no vento, no sonho Ver o luar, ganhar uma estrela, ver Estrelas no olhar Ter fé em Deus, em Oxalá, em Olorum saber dizer não, poder dizer sim, saber aceitar o nunca, jamais e adeus. Ter história, família e amigos, ser Voyer pelas ruas Ser criança, brincar com crianças Ser tia, ser mãe? ter mãe, pai, irmãs,avós, tios e tias, primos e primas, vc... Apreciar a natureza, cuidar do meu corpo Escrever um livro, plantar uma árvore, ter um álbum, colecionar algo enfeitar um vaso, beijar na boca, viajar o mundo Banhar-se no rio, cachoeira, em flores ou no lençol Pegar um bronze, Tocar violão, cantar no chuveiro preparar uma refeição, doce, salgado com ou sem gosto, chocolate ou morango ganhar um presente, uma jóia e dinheiro Lua, Sol, Chuva, PôrdoSol, cachecol... Um encontro a dois, com a família, amigos ou com a multidão Um toque, uma música, um show, Uma aula, alunos, professores, ensinar e aprender Acordar, dormir, sonhar, recordar Ter um canto, um ombro, Bater papo, navegar, buscar, clicar Cochilar e meditar, volitar... ser médium, ir além, fazer por quem transformar, vestir, revelar, mostrar para alguém pintar na tela, na parede, na vida, experimentar a água, o vinho, o amargo e o doce Conhecer o bem e o mal Na ordem e na desordem do acaso... Essa sou EU.

sábado, 26 de janeiro de 2013

UMA LENDA da CIGANA DA ESTRADA

Contada por ela mesma, em verso e prosa: Sou filha do céu e da terra, irmã da água e do ar. Sou o fogo na floresta e a branca espuma do mar. Sou a loba, sou a selva, sou a carícia da relva e a carroça atrelada. Sou a beira e o caminho, sou um pássaro sem ninho e do galho mais fraquinho, todos me escutam cantar! Sou a menina do dia e a amante louca da noite, sou o alívio e o açoite, e a carne esfacelada. Sou a abelha rainha, venha provar do meu mel, pois dentro do meu casulo, você estará no céu! Se quer que eu lhe deixe louco entre um beijo e uma dentada, me chame de tudo um pouco, mas meu nome é estrada. Na sombra, eu sou vaga-lume, na luz eu sou mariposa, sou o inseto que pousa e a lâmpada que é apagada. Nasci para passar o tempo e ficar um tempo parada,mesmo que a vida insista, em me deixar estafada, vou seguindo, sempre em frente,pois topo qualquer jogada, todos sabem que existo,pois meu nome é estrada. Realizo a caminhada, sem precisar me cansar, percorro vários caminhos, importante é caminhar. Estou aqui, ali e acolá, o que não posso é parar. Sou casada com o poder de sempre ser encontrada,aceito qualquer roteiro, me chamam de caminheiro,mas meu nome é estrada. Sou a primeira e a última, de todas as desgraçadas. Honrada ou desprezada, vil ou simplesmente sagrada, sou o som e o silêncio, sou o choro e a risada. Sou a eterna abundancia, pois sempre dou importância, para a semente lançada,num solo de doce fragrância, pois meu nome é estrada. Sou o Rei e a Rainha; sou o súdito e o reinado, sou a coroa e a forca, o algoz e o enforcado. Uso a máscara da vida, mas me confundem com a morte. Sou o azar e a sorte, e, aquela que foi dispensada. Sou a bandeira da paz mas me trocam pela guerra,na tirania da terra, me vejo desapontada, porém, quem me ama não erra, pois o meu nome é estrada. Saindo de um turbilhão, alçando a torre encantada, me vejo como uma estrela, de lua e sol enfeitada. Com certeza amanhã, estarei acompanhada, do Anjo que é puro élan,de uma mulher coroada. Sou a roca, sou o fio, sou tecelã afamada, na teia eu desafio quem faça a melhor laçada,pois entre a chama e o pavio, eu tramo a trama esperada, mesmo que seja apenas,por uma curta jornada. Me coloque em sua vida, como uma moça querida, que precisa ser amada, em troca posso lhe dar, o bem maior deste mundo numa bandeja dourada. Me traga no coração pra me deixar encantada. Não me esqueça e me honre com sua gentil chamada, grite bem alto o meu nome! Me chame, me chame, eu sou a sua " Cigana da Estrada ".

terça-feira, 17 de abril de 2012

Há um tempo atras, Eu era outra...

Hoje ?

Mais uma vez...

Eu acredito...
Eu Sinto,

O fim, o recomeço,
No fato, no caso e no acaso,
Na meta, no sonho, nos passos,
a ATITUDE não nega,
No vento, na força do fogo
dia, noite, festa, fé, surpresa,
Trabalho e tarefas,
em sorrisos, falas, caras e bocas, gestos
folha, fruto, comida natural ou artificial,
Brilho no olhar, na lágrima,
nas cartas, na intuição, no sopro,
no livro, na tela, na folha, na areia
Ter alguém especial ?
na música para dançar, ouvir, cantar
No amor, no encanto, no canto,
Fazer amor ou ter um amor?
ter ou fazer um prato,
usar um pires, xícara, taça ou copo
ser chique ou hippie
Ter ou ser,
Nadar na água, no mar, no vento, no sonho ou pisar no solo,
Ver ou receber o Luar o Sol?
ganhar uma estrela ou ver Estrelas no olhar?
Ser...
dizer não, aceitar enfim o que não tem fim,
esvaziar o lugar, confortar o lugar,
preencher o lugar para dizer sim,

Na desordem do caso... retomo a ordem
Hoje? Esse EU está assim.